Palmeiras recuperou o ânimo, diz Alex Mineiro

A tímida comemoração após o gol que deu a vitória sobre o Goiás, segundo Alex Mineiro, era pura tensão. "Ainda estava agitado, com toda a turbulência que antecedeu o jogo." O triunfo em casa, depois de três partidas sem vencer, trouxe calma ao time para o clássico de domingo contra o Santos. "Nada como uma vitória para trazer o ânimo de volta", garante o atacante. De quebra, o artilheiro da equipe voltou a marcar e entra confiante para o duelo com Kléber Pereira, goleador da Série A. Os dois foram companheiros no Atlético-PR no início da década. "É um jogador que se posiciona muito bem e chuta forte, temos de fazer de tudo para neutralizá-lo", afirma o palmeirense, que marcou 18 vezes na competição. O Alviverde teve um dia a mais para descansar do que o time santista, que jogou ontem. Para fazer valer a vantagem, o discurso no Palestra Itália é único: a briga pelo título será decidida por quem somar mais pontos fora. De acordo com Élder Granja, a atuação ruim na derrota por 3 a 0 para o Fluminense no Maracanã foi exceção. "Aquela derrota deve ser esquecida, a gente vinha jogando bem fora de casa", disse o lateral-direito, lembrando a vitória contra o Cruzeiro no Mineirão. Para ele, um bom resultado no domingo é fundamental para que o time não dependa de outros resultados. "Temos de buscar a vitória, independentemente de o jogo ser na Vila." Granja recuperou-se de contusão e tem presença confirmada no clássico.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.