Palmeiras sonha com título e abre mão da Sul-Americana

De olho na liderança do Nacional, Luxemburgo deve optar por time misto contra o Vasco

Daniel Akstein Batista, O Estadao de S.Paulo

16 de setembro de 2008 | 00h00

O Palmeiras tem mais 13 rodadas para confirmar o favoritismo e levantar a taça de campeão brasileiro. Empolgados após a vitória sobre o Cruzeiro anteontem, por 1 a 0, no Mineirão, os atletas acreditam ser possível assumir a liderança no domingo, quando recebem o Vasco. Vote: Palmeiras vai ultrapassar o Grêmio no Brasileirão 2008?A diferença para o Grêmio caiu para três pontos depois da rodada do fim de semana. Se ganhar do Vasco, e ainda contar com derrota dos gaúchos contra o Atlético-PR, em Curitiba, o campeão paulista assumirá a ponta pela primeira vez. "O momento atual é bem mais favorável ao Palmeiras do que ao Grêmio", constata Martinez. Os jogadores acreditam que o triunfo sobre o concorrente direto no Mineirão mostrou que o Palmeiras não estava na competição para lutar apenas por vaga na Taça Libertadores. E que, agora, o time entrou de vez na luta pelo título. "Foi a vitória mais importante até agora, até por ser fora da casa", analisa Martinez. "Muitos duvidavam da gente nesse jogo, mas mostramos que temos força e elenco", endossa Diego Souza, autor do gol.Antes de voltar a campo pelo Campeonato Brasileiro, no domingo, o Palmeiras enfrenta o Vasco amanhã, pelo jogo de volta da primeira fase da Copa Sul-Americana - na partida de ida, no Rio, os cariocas venceram por 3 a 1.Embora o Palmeiras precise de diferença de dois gols para se classificar, Luxemburgo deve escalar time misto. "O objetivo é o Brasileiro", avisa Martinez. "Se for para tropeçar, que seja na quarta-feira e não no domingo." Os palmeirenses devem mesmo deixar o torneio continental de lado. "O Brasileiro é a competição do ano pra gente", ratifica Diego Souza.Luxemburgo define a equipe para a Sul-Americana no treino de hoje à tarde. Os atacantes Alex Mineiro e Kléber, que não atuaram contra o Cruzeiro por estar suspensos, têm chances de jogar. Diego Souza, Sandro Silva e Leandro devem descansar durante a semana.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.