Eduardo Nicolau/AE - 25/4/2010
Eduardo Nicolau/AE - 25/4/2010

Palmeiras tem até esta sexta-feira para fechar com Wesley

Sem dinheiro para a 1ª parcela, clube está pessimista com a negociação

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

17 de fevereiro de 2012 | 03h04

SÃO PAULO - A novela Wesley acaba nesta sexta-feira e provavelmente com um final triste para a torcida do Palmeiras. As chances de o jogador ser contratado pela equipe alviverde parecem cada vez menores. O presidente Arnaldo Tirone não esconde o pessimismo, mas garante que ainda não jogou a toalha.

"No acordo que fizemos (com o Werder Bremen) havia uma cláusula que o contrato só valeria se conseguíssemos um investidor, mas não temos mais. Vamos ver o que dá para fazer."

Ele chegou a conversar com o grupo de torcedores Eternos Palestrinos, que ajudou na contratação de Valdivia e do zagueiro Danilo, mas os palmeirenses avisaram que não tinham condições financeiras de arcar com os R$ 5 milhões que teriam de ser gastos agora. A transferência total é de 6 milhões de euros (R$ 13,7 milhões) divididos em três parcelas. O Palmeiras tem até esta sexta para pagar R$ 4,5 milhões. Os R$ 500 mil a mais seriam referentes a custos bancários e impostos.

A esperança de Tirone é conseguir encontrar uma forma de quitar esse valor sem a ajuda de parceiros. Outra possibilidade seria renegociar com os alemães para que eles aceitassem reduzir o valor da negociação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.