Palmeiras tenta manter o embalo

Com força máxima por causa da folga na Libertadores, Alviverde visita o Internacional hoje, no beira-rio

Bruno Deiro e Elder Ogliari, O Estadao de S.Paulo

16 de maio de 2009 | 00h00

No principal duelo da 2ª rodada do Brasileiro, o Palmeiras usa força máxima hoje, às 16 horas, em Porto Alegre, para surpreender um Internacional cheio de mistérios. A equipe gaúcha, às vésperas de decidir uma vaga na semifinal da Copa do Brasil contra o Flamengo, deve poupar vários titulares. É a chance ideal para o time de Luxemburgo, embalado por atuações heroicas na Libertadores, roubar pontos de um favoritíssimo ao título na casa do rival. Acesse o canal especial e confira a partida do Palmeiras, às 16hO temido sistema ofensivo do Internacional, com Nilmar e Taison aliados ao meia argentino D?Alessandro, dificilmente entrará em campo completo. D?Alessandro, com desconforto muscular, pode dar lugar a Andrezinho, e Taison, com dores no quadril, deve ceder a vaga a Alecsandro. O técnico colorado Tite disse que usará "o que tem de melhor" dentro do possível, mas não adiantou qual será a formação do time. No Palmeiras, o único desfalque é Willians, vetado pelo departamento médico. Luxemburgo quer usar a folga na Libertadores até o duelo contra o Nacional do Uruguai, dia 27, para fazer testes na equipe principal. O treinador deve dar mais uma oportunidade a Marquinhos no ataque e experimentar uma formação com o zagueiro Maurício Ramos na lateral-direita. Caso seja bem-sucedido, o esquema pode suprir a ausência do lateral Wendel, que cumprirá suspensão no primeiro jogo das quartas de final contra os uruguaios, no Palestra Itália. Os técnicos das duas equipes admitem que o Brasileiro, por enquanto, não é prioridade. "É preciso aprender a administrar duas competições", afirma Luxemburgo. "Valorizar apenas uma, antigamente, era impossível, mas hoje é comum." Na equipe gaúcha, Tite tenta corresponder às expectativas da torcida, acostumada às boas atuações do Campeonato Gaúcho e das fases iniciais da Copa do Brasil. Após mostrar um futebol pouco vistoso para obter bons resultados fora de casa contra Corinthians (vitória de 1 a 0) e Flamengo (empate sem gols), o técnico preferiu elogiar o setor defensivo. Apontados como favoritos ao título, Internacional e Palmeiras estrearam no Brasileiro com vitória. No Palestra Itália, o time paulista bateu o Coritiba, de virada, por 2 a 1. Já o Inter,com um gol antológico de Nilmar, venceu o Corinthians em pleno Pacaembu. FESTA PARA MARCOSCom o nome já escrito na história do Palmeiras, Marcos completou ontem 17 anos de sua estreia com a camisa do clube. O primeiro jogo foi num amistoso contra o Guaratinguetá - vitória do Alviverde por 4 a 0 na casa do rival. Antes do embarque para São Paulo, o goleiro e ídolo palmeirense recebeu um bolo, presente de um torcedor.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.