Palmeiras vence Fluminense e volta ao G4

Com dois gols de Kléber e um de Maicosuel, equipe faz 3 a 1 e chega ao 4.º lugar, com 21 pontos

Daniel Akstein Batista, O Estadao de S.Paulo

17 Julho 2008 | 00h00

Na noite em que Kléber jogou - e finalizou - como Alex Mineiro, o Palmeiras deu fim à seqüência de três jogos sem vitória, fez 3 a 1 no Fluminense, no Palestra Itália, e voltou ao G4, na quarta colocação, com 21 pontos. Os cariocas seguem na zona de rebaixamento, em 18º, com 9.Com Alex Mineiro suspenso, coube a Kléber o papel de ?matador?. Ele atuou mais centrado na área, com Denilson caindo pela ponta direita. A nova formação demorou para dar certo. O Flu começou melhor o jogo e, pelo o que apresentou no primeiro tempo, merecia ir para o intervalo vencendo.O problema é que, além de perder muitos gols, os cariocas oscilaram muito. Nos primeiros minutos o Flu lembrou aquele time que chegou à final da Taça Libertadores, com futebol envolvente e rápidas trocas de bola. Já no segundo tempo, o que se viu foi uma equipe dominada, sem muitas opções e sem força de reação, exatamente como iniciou o Brasileiro e fez com que estivesse hoje na zona de descenso.O Palmeiras, ao contrário das últimas rodadas, manteve a mesma regularidade durante os 90 minutos ontem. Valdivia apareceu mais em campo, chamou a responsabilidade, tentou as jogadas. Na segunda etapa, meteu uma bola na trave. O chileno só precisa, como já pediu várias vezes o técnico Vanderlei Luxemburgo, reclamar menos com a arbitragem.Quem foi ao Palestra Itália ontem, com certeza, não pôde reclamar do jogo. Foi corrido, com lances de emoção, como um clássico entre Palmeiras e Fluminense promete. Após duas chances para abrir o marcador, o atacante Kléber conseguiu fazer a festa da torcida alviverde aos 34 minutos da primeira etapa. A comemoração, porém, durou bem pouco e dois minutos depois Washington empatou para o Fluminense.Melhor em campo no tempo inicial, o Flu nada fez na etapa final. O Palmeiras então aproveitou para voltar a vencer no Brasileiro - havia empatado com Atlético-MG e Figueirense e perdido para o São Paulo. Com boa marcação e se aproveitando da falha adversária, os paulistas foram para frente. Leandro cruzou para Kléber mostrar o faro de artilheiro que consagrou Alex Mineiro e marcar seu terceiro gol na competição, logo aos 4 minutos.Diego Souza, um dos melhores do Palmeiras em campo, teve quatro boas chances de deixar sua marca, mas foi o estreante Maicosuel que conseguiu outro gol para os donos da casa, novamente após bom cruzamento de Leandro. "Essa estréia é o que qualquer jogador sonha. Tive a felicidade de entrar e fazer o gol", comemorou o atleta, ex-Cruzeiro. Hoje, os palmeirenses ficam na torcida para um tropeço do líder Flamengo (26 pontos) contra o Coritiba. E no domingo eles sonham em chegar mais perto da ponta, contra o Goiás, no Serra Dourada. "O Palmeiras jogou melhor hoje (ontem) e temos de manter o mesmo nível lá em Goiás", pediu Marcos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.