Palmeirenses buscam crédito dos torcedores

O Palmeiras que iniciou 2011 com várias vitórias consecutivas já deu motivos para seu torcedor desconfiar e para Felipão reclamar. Nos últimos jogos, o treinador tem disparado críticas ao ataque pouco eficiente. Valdivia, que só jogou as últimas duas partidas, vê o clássico de hoje como decisivo. "Toda vez que se perde um clássico é um problema", lembrou o chileno.

, O Estado de S.Paulo

27 de fevereiro de 2011 | 00h00

O Palmeiras fez apenas um jogo contra um grande rival este ano - enfrentou e perdeu para o Corinthians, por 1 a 0. Como disse Marcos na época, o time sempre falha em momentos decisivos. E hoje será mais um teste para o elenco de Felipão. "A motivação de enfrentar o São Paulo é diferente da de jogar com o Mogi Mirim", falou. "Se ganhar vai ser bom pro grupo, a confiança será maior. Mas, se perder, não será o fim do campeonato."

O treinador também ressalta a importância do jogo de hoje. "Vamos ter noção de qual estágio a equipe está, vai servir como parâmetro."

Tabu. O Palmeiras não vence o rival no Morumbi desde 2002, quando fez 4 a 2. Em 16 jogos, foi derrotado em 11 ocasiões. "O tabu um dia vai ser quebrado", disse Felipão, sem se incomodar com o jejum. Hoje, o Palmeiras não terá Marcos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.