Pan atrasa obra e fica sem Mundial

O atraso nas obras do Complexo do Autódromo de Jacarepaguá, que ainda nem começaram, tornou-se o principal problema para a organização dos Jogos Pan-Americanos de 2007. E, nesta quinta-feira, o primeiro revés esportivo foi computado com a confirmação da transferência da disputa do Mundial de Basquete Feminino de 2006 para o Ginásio do Ibirapuera e o Maracanãzinho. A previsão era a de que o evento ocorresse na arena olímpica erguida para a competição continental."Essa (o Complexo do Autódromo) é a maior preocupação que temos, até porque o contrato para sua construção não foi assinado com a empresa (Rio Sports Plaza, vencedora da licitação feita pela prefeitura)", disse o presidente do Comitê Organizador dos Jogos Pan-Americanos Rio 2007 (CO-RIO) e do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), Carlos Arthur Nuzman, durante a apresentação orçamentária na Câmara dos Vereadores."Estamos a praticamente a dois anos e um mês do Pan-2007 (previsto para ocorrer entre os dias 13 e 29 de julho) e realmente há oscilações no cronograma." Com as obras orçadas em cerca de R$ 600 milhões, o Complexo do Autódromo será formado por uma arena olímpica para as disputas de basquete, ginástica artística e trampolim acrobático, com capacidade para 15 mil pessoas. E ainda um Centro Aquático Nacional de 10 mil lugares para as provas de natação, nado sincronizado e saltos ornamentais, além de um velódromo para o ciclismo de pista com 3 mil assentos.Como os responsáveis pelo consórcio que construirá o Complexo do Autódromo asseguraram que não têm mais condições de entregar a arena até setembro de 2006, mês do Mundial Feminino, o presidente da Confederação Brasileira de Basquete (CBB), Gerasime Grego Bozikis, admitiu nesta quinta-feira que a competição terá sua primeira fase realizada em São Paulo e a segunda e terceira no Rio. "Realmente não trabalho mais com essa hipótese do autódromo. Obrigatoriamente jogaremos no Maracanãzinho e no Ibirapuera.", disse.Apesar do atraso nas obras em Jacarepaguá, o presidente do CO-RIO disse estar tranqüilo quanto à construção das instalações a tempo dos Jogos serem realizados. Destacou que até os eventos-testes - disputas antes do Pan-Americano para verificar as instalações - serão realizados na arena.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.