Pan: inspetores elogiam obras no Rio

No primeiro dia de inspeção da Comissão de Coordenação da Organização Desportiva Pan-Americana (Odepa), aos locais de disputa dos Jogos de 2007, o Rio colecionou elogios de seus avaliadores, que chegaram a comparar as instalações projetadas com as de Pequim, que se prepara para organizar os Jogos Olímpicos de 2008. A visita prossegue nesta quarta-feira e prevê um encontro com a governadora do Estado Rosinha Garotinho durante uma vistoria no Complexo do Maracanã."As instalações estão seguindo um padrão olímpico. Com o Nuzman (presidente licenciado do Comitê Olímpico Brasileiro - COB), faço parte da comissão de avaliação de Pequim e o Rio está com uma estrutura semelhante", destacou o presidente da comissão de Coordenação da Odepa e do Comitê Olímpico do Uruguai, Julio Maglione. "Por enquanto, está tudo bem." Nesta terça-feira, o grupo formado por Maglione e pelos presidentes dos comitê olímpicos nacionais da Jamaica, Michael Fennell , do México, Felipe Muñoz, e do Paraguai, Ramón Zubizarreta, visitou o Centro de Convenções Riocentro, que abrigará algumas disputas, como o boxe e a ginástica rítmica desportiva, o Estádio Olímpico João Havelange, local das provas de atletismo, além da Vila-Pan-Americana. Em todos as instalações, a comissão de Coordenação da Odepa disse ter ficado satisfeita com o andamento das obras."Pelo o que vimos até agora, a dois anos dos Jogos, as obras estão em estágio avançado. Tudo está dentro do cronograma e não há o que temer", afirmou Maglione. O presidente da comissão de Coordenação da Odepa acrescentou que a união dos governos federal, estadual e municipal também tem sido um destaque da organização carioca. "Se há problemas para custear os Jogos ainda não sei. Só poderei falar após conversar com cada um dos representantes dos poderes." O ministro do Esporte, Agnelo Queiroz, acompanhou a inspeção do grupo à Vila Pan-Americana. O político assegurou que não há motivos para temer o cancelamento dos Jogos e ressaltou a disposição do governo federal em arcar com qualquer tipo de despesa que a prefeitura ou governo do Rio tenham dificuldades em honrar.Nesta quarta, a comissão de Coordenação da Odepa visita pela manhã a Vila Militar, em Deodoro, local das competições de tiro e hipismo, o Centro de Remo da Lagoa e a Marina da Glória, que abrigará as provas de vela.À tarde, se encontram com a governadora do Rio e visitam o Maracanã, o Maracanãzinho, além de Parque Aquático Júlio de Lamare. Na quinta-feira, finalizam a inspeção com uma reunião com o prefeito carioca Cesar Maia.O relatório da visita será apresentado dia 21 de fevereiro ao Comitê Executivo da Odepa, na Cidade do México.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.