Panizo é bicampeão da Volta Ciclística de São Paulo

O brasileiro Gregolry Panizo, de Foz do Iguaçu, faturou neste domingo o bicampeonato da Volta Ciclística de São Paulo. Antonio "Tonho" Nascimento, de Santos, venceu a nona etapa, mas Panizo tinha boa vantagem na classificação geral e, por isso, precisou apenas administrá-la para ser campeão. Sua equipe, a DataRo, de Foz do Iguaçu, também garantiu o título da prova, que percorreu 1,069 mil quilômetros em 9 dias, passando por 55 cidades de São Paulo.

AE, Agência Estado

24 de outubro de 2010 | 17h06

"Entrei nesta etapa com o pensamento de administrar o resultado e chegar junto com o pelotão. Deu tudo certo e agora quero comemorar muito com a equipe e minha esposa Valéria", contou Panizo, que terminou o percurso de 50 quilômetros entre Jundiaí e São Paulo, a 2 segundos de Antonio Nascimento.

Panizo começou a Volta Ciclística de São Paulo com desempenho discreto e só assumiu a camisa amarela, destinada ao líder, na penúltima etapa, no sábado, disputada entre Pindamonhangaba e Campos do Jordão. Seu tempo total foi de 24h56min37s. Magno Nazaret terminou na segunda colocação, à frente de Renato Seabra.

"Fiquei desanimado logo após o contra-relógio [o pneu da bicicleta furou e ele terminou na 11ª posição], que é uma de minhas especialidades. Apostei tudo na montanha e neste domingo só procurei fugir de acidentes e andar junto com o pelotão", afirmou Panizo.

Antônio Nascimento, que venceu a última etapa com o tempo de 1h5min21s, conquistou também seu quarto título de Montanha, nas sete edições da Volta Ciclística de São Paulo. Ele já havia vencido em 2004, 2005 e 2006 e tornou-se o ciclista com maior número vitórias da competição, pois foi o campeão individual em 2004.

Edgardo Simon, argentino do time Pindamonhangaba, foi bicampeão por pontos (venceu também em 2008). Já Maurício Knapp, de São Caetano, faturou o título da Volta Ciclística de São Paulo na categoria sub-23.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.