Para Roger, Atlético teve atuação 'de regular para boa' e empate foi 'muito bom'

Treinador avalia que gol adversário no começo do jogo atrapalhou as pretensões de sua equipe

Estadao Conteudo

09 de março de 2017 | 09h50

O Atlético Mineiro teve uma boa atuação no segundo tempo, mas apenas empatou em 1 a 1 com o Godoy Cruz em sua estreia na Copa Libertadores, quarta-feira à noite. Para o técnico Roger Machado, a apresentação da equipe foi "de regular para boa", mas o resultado em si, fora de casa, foi "muito bom".

"Um empate fora, depois de ter sofrido um gol com menos de dois minutos de jogo, tem uma validade maior ainda. Pegamos um time que fisicamente se impôs muito, usou de bolas longas em contra-ataques. Temos que saber sofrer o jogo e ir evoluindo com a competição em andamento. Foi uma partida de regular para boa, mas o resultado foi considerado muito bom em virtude do que aconteceu durante a partida", disse o treinador, em entrevista coletiva.

Para ele, o gol do Godoy Cruz logo no comecinho do jogo atrapalhou as pretensões atleticanas. "O gol do adversário acabou invertendo um pouco a estrutura do jogo, fazendo com que eles passassem a jogar em contra-ataques, por ter aberto o placar cedo.

Sofremos um pouquinho com isso no primeiro tempo, tendo que propor mais o jogo, se abrindo um pouco mais e, em consequência disso, sofrendo alguns contra-ataques, principalmente pelas beiradas, de qualquer lado do campo."

No entender de Roger, a entrada de Cazares no lugar de Danilo permitiu ao Atlético-MG crescer no segundo tempo, a ponto de desperdiçar chances de sair com a vitória. "A partir do segundo tempo, com a bola no chão, a gente começou a envolver mais o adversário e o gol cedo fez a estrutura do jogo mudar novamente a nosso favor. O adversário teve que sair um pouco mais. Ainda tivemos oportunidade de definir a partida a nosso favor em alguns contra-ataques, principalmente nos últimos cinco minutos, quando o adversário ficou com um a menos", lamentou.

Tudo o que sabemos sobre:
Atlético-MGfutebolLibertadores

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.