Paralimpíada será transmitida por mais de 100 países

Competição terá a maior cobertura da história, incluindo países como Irã, Mongólia e Paquistão

O Estado de S. Paulo

27 de agosto de 2012 | 16h26

LONDRES - Os organizadores dos Jogos Paralímpicos de Londres disseram nesta segunda-feira que os eventos serão transmitidos para mais de 100 países. Com isso, a competição terá a mais ampla cobertura da sua história. Dez acordos de transmissão foram assinados desde que os Jogos Olímpicos de Londres terminaram há duas semanas, garantindo que a cobertura vai atingir países como Irã, Mongólia e Paquistão.

Presidente do Comitê Organizador, Sebastian Coe disse que a Paraolimpíada terá "mais atletas do que nunca, mais países competindo e mais mídia e emissoras do que nunca". Os organizadores esperam fechar mais contratos antes da cerimônia de abertura na quarta-feira. Cerca de 4,2 mil atletas de 166 delegações vão competir nos Jogos Paralímpicos.

No entanto, o presidente do Comitê Paralímpico Internacional, Philip Crven, disse que está "muito decepcionado" porque haverá apenas 5 horas de cobertura nos Estados Unidos, nenhuma delas ao vivo, onde a NBC detém os direitos de transmissão.

Tudo o que sabemos sobre:
ParalimpíadatelevisãoLondres

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.