Paris vai enfrentar pesos-pesados

Paris sai como a grande favorita para receber os Jogos Olímpicos de 2012. No relatório preparado pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) e que serviu de base para a decisão dos membros da entidade, a capital francesa tirou a maior nota entre as nove candidatas. Paris, porém, enfrentará pesos-pesados na fase final, três do próprio continente europeu e Nova Iorque. "Agora é uma nova corrida que começa. Será uma disputa entre os pesos pesados", afirmou Philippe Baudillon, diretor da candidatura francesa e que, de agora em diante, terá como slogan "Amor aos Jogos".Segundo ele, o fato de já ter participado de três candidaturas ajudará os organizadores da campanha de Paris. "Sabemos quais são as aspirações do COI", afirmou. Para o vice-prefeito de Nova Iorque, Daniel Doctoroff, "todas as cinco cidades que permaneceram na competição têm chances". Segundo ele, a corrida será "muito competitiva". Apesar da força da candidatura americana, Carlos Nuzman, da Confederação Olímpica Brasileira, acredita que a escolha final, que será feita em 2005, apontará para uma cidade européia. Se isso ocorrer, o brasileiro acredita que se abriria a possibilidade para uma candidatura sul-americana em 2016, já que os europeus não poderiam pleitear mais uma edição das Olimpíadas em duas ocasiões seguidas. Já para os espanhóis, que ficaram em segundo lugar na avaliação do COI, a saída do Rio poderá favorecer a candidatura de Madri, já que os votos latino-americanos iriam para a capital espanhola. Nuzman, porém, faz suspense sobr

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.