Mario Guzman/EFE
Mario Guzman/EFE

Corredor da maratona da Cidade do México sofre enfarte e morre

Erick García Ramírez, de 34 anos, desmaiou após 35 km de prova

EFE

31 de agosto de 2015 | 09h53

O corredor Erick García Ramírez, de 34 anos, morreu neste domingo depois de sofrer um enfarte durante o maratona da Cidade do México, informou a organização. Autoridades da Secretaria de Saúde da cidade informaram, em comunicado distribuído horas mais tarde, que o corredor desmaiou perto do quilômetro 35 da prova.

O maratonista foi atendido no local por pessoal de Esquadrão de Resgate e Urgências Médicas, que em um tempo estimado de seis minutos o levaram na ambulância para o hospital de Xoco, em Coyoacán, no sul da cidade.

Durante esse tempo, foi aplicado no corredor "os protocolos de recuperação com a ajuda de aparelhos e massagem cardíaca, no que se presume ter sido um enfarte fulminante do miocárdio; no entanto, chegou ao hospital sem sinais vitais." Os organizadores lembraram que "todos os participantes contam com um seguro de vida e com um seguro de despesas médicas perante qualquer eventualidade durante a corrida".

 

 

A prova, que completou sua 33ª edição, foi vencida pelos etíopes Daniel Aschenik e Shewarge Amar no masculino e feminino, respectivamente.


Tudo o que sabemos sobre:
maratonaatletismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.