Partida entre Parma e Juventus é adiada após morte de torcedor

A partida deste domingo entre Juventus eParma foi adiada depois que um torcedor do Parma foi atingidoacidentalmente por um ônibus e morto na seqüência de um atritocom torcedores rivais. "A Juventus e o Parma, com a aprovação das autoridadesrelevantes, decidiram em conjunto adiar a partida como gesto derespeito pelo acidente envolvendo o torcedor do Parma queviajava ao estádio em Turim", afirmou uma declaração conjunta. "Dada esta trágica fatalidade, os dois clubes decidiram quenão seria correto mandar os times para o campo." Todas as outras partidas acontecem neste domingo com umminuto de silêncio pelo torcedor antes do início. A polícia disse que torcedores do Parma e da Juve trocavaminsultos em um posto de combustível no qual aconteceu oacidente. "Ouviam-se as frases insultantes de sempre", disse oporta-voz da polícia rodoviária Alessandria Ovest à Reuters. "Para evitar problemas, o chefe de torcida da Juve foiembora, mas obviamente o motorista não estava ciente de quehavia um torcedor à sua frente e o atingiu com a parte frontaldo veículo." Em novembro, o torcedor da Lazio Gabriele Sandri foi mortoa tiros por um policial durante confrontos com torcedores daJuventus em um posto de combustível perto de Arezzo. A morte de Sandri, a segunda em um ano ligada à violênciano futebol na Itália, levou a tumultos e à suspensão dos jogosda liga por uma semana. A Juventus teve que adiar um jogo da série B contra oCesena em 2006 depois que dois jogadores se afogaramacidentalmente em um lago no centro de treinamento do time. A Juve é a terceira colocada no Campeonato Italiano, setepontos atrás do Roma. Agora a equipe terá um jogo nas mãosfaltando oito partidas na temporada. O Parma ameaça afundar natabela. Ainda será decidido quando a nova partida será realizada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.