Patrocínio rende punição a chinês

O campeão olímpico de salto de trampolim, Tian Liang, foi suspenso da seleção da China por assinar um contrato de publicidade sem autorização oficial. Tian, de 25 anos, tirou descanso após a Olimpíada quando participou de diversos compromissos comerciais e alguns dependiam de aprovação oficial, segundo a Associação de Natação da China.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.