Stringer/Reuters
Stringer/Reuters

Paul Tergat revela ter sobrevivido por 'milagre' a acidente de carro

Ele sofreu apenas ferimentos leves na perna direita e na cabeça após bater em caminhão

AE, Agência Estado

11 de dezembro de 2010 | 09h24

NAIRÓBI - O ex-recordista mundial de maratonas Paul Tergat sofreu um grave acidente de carro na quinta-feira, na cidade queniana de Eldoret, mas que foi revelado apenas nesta sexta. O fundista bateu seu veículo, um Mercedes-Benz, num caminhão e atribuiu a um "milagre" sua sobrevivência. Ele sofreu apenas ferimentos leves na perna direita e na cabeça.

"Queria ultrapassar um caminhão parado quando vi que outro vinha na direção contrária", disse Tergat, durante uma entrevista coletiva realizada em Nairóbi, capital do Quênia. "Fiquei preso entre o caminhão parado e o que vinha na direção contrária e fui atingido por esse último. Foi um milagre eu ter sobrevivido."

Depois do acidente, Tergat, de 41 anos, recebeu a visita do ministro de Esportes do Quênia, Paul Otuoma, e agradeceu às pessoas que o socorreram. "Estou muito comovido com o apoio esmagador de todo mundo. Agradeço a todos, desde os que me tiraram do carro aos médicos que trabalharam incansavelmente para me salvar."

O queniano, já aposentado, tem entre seus principais títulos as maratonas de Berlim e Nova York, dois Mundiais de meia-maratona e cinco conquistas da Corrida de São Silvestre, a principal prova do pedestrianismo brasileiro.

Tudo o que sabemos sobre:
atletismoPaul Tergatmaratonaacidente

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.