Paul Tergat se candidata à presidência do Comitê Olímpico Nacional do Quênia

Queniano é considerado um dos maiores nomes da história da maratona

Estadao Conteudo

30 de março de 2017 | 18h14

Considerado um dos maiores nomes da história da maratona, tanto que já foi o recordista mundial da distância, Paul Tergat anunciou nesta quinta-feira que será candidato na eleição para a presidência do Comitê Olímpico Nacional do Quênia, desafiando Kip Keino, o atual presidente da entidade.

Tergat oficializou a sua candidatura em um comunicado divulgado nesta quinta, dizendo que ele deseja criar "um forte sentimento de união" no Comitê Olímpico Nacional do Quênia, que vem sofrendo com problemas desde os Jogos do Rio, realizados em 2016.

Entre 1995 e 1999, Tergat conquistou cinco títulos consecutivos no Mundial Cross-Country. Além disso, faturou medalhas de prata na prova dos 10.000 metros nos Jogos Olímpicos de 1996, em Atlanta, e de 2000, em Sydney.

Agora candidato a comandar o esporte olímpico queniano, Tergat já é membro do comitê executivo da entidade. As eleições presidenciais do Comitê Olímpico Nacional do Quênia estão agendadas para 5 de maio, após o órgão adotar as mudanças na sua constituição exigidas pelo Comitê Olímpico Internacional.

A liderança de Keino está sob intenso questionamento depois que dirigentes de alto escalão do comitê foram preso após a Olimpíada do Rio e acusados de roubarem material esportivo e dinheiro.

Tudo o que sabemos sobre:
AtletismoAtletismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.