Paulista e Portuguesa jogam sob pressão por vaga

Time de Jundiaí tem três pontos a mais e ficará perto da vaga com vitória. Lusa tenta embolar disputa a uma rodada do fim

Anelso Paixão, O Estado de S.Paulo

09 de abril de 2011 | 00h00

Paulista e Portuguesa duelam sob pressão hoje, às 18h30, em Jundiaí. O time da casa soma 25 pontos e ocupa a 8.ª colocação, o que lhe garante no momento a última vaga nas quartas de final da competição. Seu adversário tem 22 e é o 11.º, atrás ainda de São Caetano (23) e Americana (também com 22).

Uma vitória deixa a classificação do Paulista bem encaminhada e acaba com a disputa entre ambos. No caso de vitória da Portuguesa, o time do Canindé alcança o adversário e ainda terá a vantagem de jogar a última e decisiva partida em casa, contra o ameaçado de rebaixamento São Bernardo, enquanto o Paulista pega o já classificado Santos na Vila Belmiro.

"Será um jogo complicado. A Portuguesa vem pressionada pela derrota e nós também estamos pressionados", afirma o técnico Wagner Lopes, do Paulista. "Já passei para os jogadores que será necessário ter calma e fazer o que foi pedido. Neste momento, é hora de passar tranquilidade e confiança aos jogadores."

"Em um jogo assim, temos de correr atrás, se dedicar e lutar com unhas e dentes", disse Jorginho, treinador da Portuguesa. "Os atletas precisam ter personalidade, força para jogar e confiança para que tudo possa dar certo."

O técnico Jorginho poderá ganhar até sete reforços. Voltam ao time o meia Henrique e o atacante Jael, ambos suspensos na última rodada, assim como o lateral direito Marcos Pimentel, o zagueiro Domingos e o meia Ananias, liberados pelo departamento médico. Já o volante Ademir Sopa e o meia Marco Antonio, caso confirmem a recuperação física, também estarão à disposição.

No entanto, ontem, quatro jogadores passaram a ser baixas. O zagueiro Preto Costa, com dores no tendão do pé esquerdo, o meia Fabrício, com forte gripe, o atacante Kempes, com torção no tornozelo direito, e o volante Glauber, com dores na perna esquerda, estão fora da partida.

Outros jogos. São Bernardo e Santo André, desesperados contra o rebaixamento, duelam às 16h no ABC, mesmo horário de Mogi Mirim e Botafogo. O Mirassol, já quase classificado, recebe o ameaçado Ituano, às 18h30.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.