Paulistas aproveitam melhor o mercado

Corinthians e São Paulo, apesar de também contarem com grande torcida, usam melhor o [br]conjunto das receitas

Anelso Paixão, O Estado de S.Paulo

13 de dezembro de 2010 | 00h00

Em comum entre os três primeiros colocados no ranking nacional de marcas está o fato de que são clubes de grande torcida. No entanto, enquanto para o Flamengo este detalhe representa 58% do total da força de seu nome, para o Corinthians responde por 48% e, para o São Paulo, por 46%. A diferença é que para os dois paulistas o mercado e as receitas têm um valor muito maior sobre o conjunto.

Para chegar à liderança, o Corinthians apresentou evolução de 33% em comparação a 2009. O clube conseguiu excelente desempenho de marketing, bilheteria e cotas de TV. No quesito torcedores, o clube é líder em São Paulo e vice-líder nacional, tem a preferência na região Sudeste e no Estado do Paraná. É o líder também entre os torcedores com renda familiar de 5 a 10 salários mínimos.

Situação oposta à do Flamengo, que lidera nas classes D e E, consideradas de baixa renda. Outro diferencial para o clube do Rio na questão sobre torcida é o fato de contar com simpatizantes em todas as regiões do Brasil, principalmente Norte, Nordeste e Centro-Oeste. O Flamengo apresentou evolução de 10% em relação ao estudo realizado em 2009.

Já o novo vice-líder, o São Paulo, teve 20% de evolução em relação a 2009 e se beneficia do bom uso comercial de seu estádio, o Morumbi, além de projetos com patrocinadores e parceiros.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.