Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Paulo André pede punição a Neymar

Paulo André bateu pesado em Neymar, Muricy Ramalho e Leo pelas declarações que os santistas deram após o clássico, domingo na Vila Belmiro. O zagueiro do Corinthians pediu punição a Neymar, por simulação de faltas. Criticou o treinador afirmando que Muricy está errado ao afirmar que o Corinthians não procura o gol, e disse que Léo fala demais quando o Santos ganha.

O Estado de S.Paulo

22 de agosto de 2012 | 03h04

"Dentro de campo, você pode fazer tudo, mas se fizer algo fora da regra, tem de ser punido, se ele (Neymar) quiser simular, que simule, e ele simula bastante, mas que seja punido. Que os árbitros assistam aos jogos, estudem e punam os jogadores", afirmou Paulo André. "Mas aqui é vantagem simular, é o jogo do malandro, e a gente sabe que no Brasil o jogo de malandro tem vantagem."

Sobre Muricy, que afirmou que o Corinthians só joga no erro dos adversários, Paulo André disse que o técnico está equivocado. Lembrou que na época que o treinador dirigia o São Paulo, o time do Morumbi foi campeão com jogadas de bola área, três zagueiros e muita marcação. "O Corinthians procura o gol, só que nosso sistema de marcação é efetivo", rebateu o zagueiro.

Sobrou até para o lateral-esquerdo Léo, que disse que a vitória do Santos provou que o time da Vila Belmiro é melhor que o Corinthians. "Somos os atuais campeões da Libertadores e do Brasileiro. Vamos dar nossa resposta em campo." / V.M.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.