PC admite que título é obrigação para seleção de futsal

O Brasil voltará a disputar a decisão do Mundial de futsal depois de ficar de fora da decisão em 2004, quando perdeu para a Espanha na semifinal. Agora, tentará reconquistar a hegemonia do esporte, perdida em 2000, ao ser superada pela Espanha na final. A seleção brasileira não é campeã desde 1996 e o técnico PC de Oliveira admite que a equipe tem a obrigação de conquistar o título mundial. "Qualquer adversário é difícil e a Rússia provou isso, jogando muito melhor do que na primeira fase. Qualquer seleção fará um final emocionante e dramática. E para nós é uma obrigação vencer por estarmos jogando em casa", afirmou o treinador, que preferiu não comentar se prefere enfrentar Espanha ou Itália na final. Ciço, Wilde, Marquinho e Schumacher deixaram a partida entre Brasil e Rússia contundidos. Apesar disso, PC de Oliveira acredita que a situação não vai atrapalhar a seleção no domingo. "Talvez não tenhamos um ou outro jogador 100%, mas tenho certeza que, quando eles estiverem em quadra, darão o máximo", finalizou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.