PC de Oliveira diz que reconhecimento só virá com título

O técnico da seleção brasileira de futsal, Paulo César de Oliveira, o PC, disse nesta terça-feira, após a vitória por 5 a 3 sobre a Ucrânia, que de nada adianta o Brasil chegar à semifinal ou à final do Mundial. Segundo o treinador, o time só será reconhecido se conquistar o título da competição. "A equipe que fica para a história é a campeã", afirmou.O Brasil joga a semifinal do Mundial nesta quinta-feira, no Maracanãzinho, contra a Rússia. Se avançar à grande decisão, pode ter que encarar novamente a carrasca Espanha, que impediu a equipe de conquistar o título nas duas últimas edições. "Até hoje (terça-feira) nós somos iguais a todas as seleções brasileiras. Todas elas chegaram à semifinal. A gente não garantiu nada e estamos procurando esta diferença", disse PC de Oliveira.Para o confronto contra a Rússia, o treinador se mostrou preocupado com os erros que aconteceram na vitória sobre a Ucrânia. "Nós precisamos absorver rapidamente a falha, corrigi-la e seguir adiante", afirmou PC, que deixou no ar a definição sobre sua permanência à frente da seleção após o Mundial. "Ser treinador é um trabalho solitário. Se abre mão de muitas coisas, do contato com a família. Então não pensei ainda se sigo com a seleção. Vamos esperar o que vai acontecer."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.