PC Gusmão estreia no Vasco, após abandonar o vice-líder

O técnico Paulo César Gusmão surpreendeu e trocou o Ceará, segundo colocado no Brasileiro, pelo Vasco, na zona de rebaixamento, em busca de um desafio: voltar a se destacar no comando de um time de tradição no País. Hoje, ao estrear contra o Goiás, no Serra Dourada, às 21h50, ele começa a saber se agiu certo.

Bruno Lousada/ Rio, O Estado de S.Paulo

14 de julho de 2010 | 00h00

"Para nós, está começando um outro campeonato. Esse grupo tem a responsabilidade de mudar uma situação totalmente adversa. Temos de entrar na zona intermediária e depois achar uma posição mais acima que é o que a torcida do Vasco espera", disse Gusmão, durante a intertemporada do time, em Mangaratiba, no litoral sul fluminense.

Enquanto a bola rolava na África do Sul, a diretoria trouxe reforços. Vieram o meia Felipe, que estava no Catar, e o atacante Éder Luis, ex-Benfica e Atlético-MG, mas eles só poderão jogar em agosto.

Goiás. Após o recesso, os jogadores do Goiás acreditam que o time vai continuar reagindo para chegar ao G-4. O time entra em campo para defender uma série de quatro jogos sem derrotas na competição.

O treinador Emerson Leão reformulou o elenco e dispensou 14 jogadores e está animado para este recomeço do Brasileiro. "Queremos avançar e mostrar nossas qualidades", disse Leão. /COLABOROU RUBENS SANTOS

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.