Pedro Lima conquista o 1.º ouro do boxe brasileiro em 44 anos

Pugilista brasileiro vira luta nos 10 segundos finais e coloca seu nome na história do Pan-Americano

27 de julho de 2007 | 18h29

Numa luta memorável, o pugilista brasileiro, Pedro Lima, conquistou o ouro na categoria até 69 kg ao vencer o norte-americano Demétrius Andrade - atual campeão mundial - por 7 a 6, na noite desta sexta-feira, no Riocentro.   Veja também:  O quadro de medalhas Quem fica em segundo lugar no Pan? Os detalhes das modalidades em disputa   Com a conquista, o boxe brasileiro termina o Pan do Rio com uma medalha de ouro, uma de prata e seis de bronze, sendo este o melhor desempenho da delegação na história dos jogos. Há 44 anos o Brasil não levava o ouro no pugilismo.   Utilizando-se de um bom jogo de pernas, Pedro Lima encaixou bons golpes e abriu 2 a 0 ao final do primeiro round, deixando o pugilista norte-americano numa situação delicada, já que teria que abrir sua guarda.   Como esperado, Demétrius passou a atacar, dando a chance do contra-ataque para Pedro Lima, que não desperdiçou a chance, abrindo boa vantagem no segundo round.   Desesperado, o pugilista norte-americano exagerou e cometeu faltas, mas não teve ponto descontado. Para piorar, a luta ficou no 5 a 4 no minuto final, mas Pedro Lima mostrou raça e virou para 7 a 6.   Ao perceber a vitória, Pedro Lima não se conteve e foi às lágrimas, agradecendo por ter conseguido o feito histórico. "Eu tenho que agradecer a todos que me apoiaram. Eu estou muito emocionado", disse o brasileiro, que concluiu. "Pensei apenas em atacar no final e nem acredito que o ouro é meu".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.