Pelé aconselha a ouvir Bilardo

"Normalmente uma grande estrela, um grande jogador, não se torna um bom técnico e, às vezes, um jogador que não foi tão brilhante na sua carreira se transforma em um grande técnico", disse ontem Pelé, em São Paulo, ao ser indagado sobre a escolha de Maradona para comandar a seleção da Argentina. Pelé citou Vanderlei Luxemburgo, que foi um atleta sem brilho pelo Flamengo antes de se consagrar como técnico de futebol.Questionado se ex-jogador pode dar certo, Pelé respondeu: "Depende de quem. Acho que depende muito da personalidade do jogador, do caráter do jogador." Ao comentar se Maradona vai dar certo, depois de duas experiências frustradas como treinador, o Atleta do Século observou: "Ele tem ao seu lado um técnico experiente, que é o Bilardo, que conhece muito futebol. Se o Maradona ouvir o Bilardo, vai ter um grande assessor e aí pode dar certo." O Rei insistiu: "O Bilardo é um técnico experiente, ele (Maradona) pode aprender muito se quiser", disse. "Espero que dê tudo certo, para ele é mais uma oportunidade de superar tudo o que passou."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.