Pelé vira Patrimônio Esportivo Histórico da Humanidade

Pelé foi escolhido ontem Patrimônio Esportivo Histórico da Humanidade do Brasil, após uma votação com 327.496 pessoas, de 72 países diferentes.

, O Estado de S.Paulo

28 de julho de 2011 | 00h00

Além de Pelé, o atacante argentino Lionel Messi e o mexicano Hugo Sánchez também ganharam o mesmo título de seus respectivos países.

Um total de 42 jogadores argentinos, 57 brasileiros e 41 mexicanos disputavam a nomeação para se tornar Patrimônio Esportivo da Humanidade, que pretende "impulsionar a consolidação da importância da preservação da realidade esportiva no mundo todo".

A campanha de eleição dos jogadores Patrimônio Esportivo Histórico da Humanidade da Argentina, Brasil e México teve duração de quatro meses.

Pelé vai estar sábado no Rio para o sorteio dos grupos das Eliminatórias do Mundial de 2014. Anteontem, em solenidade em Brasília, ele foi nomeado embaixador da Copa do Mundo no Brasil pela presidente Dilma Rousseff.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.