Perfeito, Federer atropela Del Potro

O ?Expresso Suíço? venceu dois sets contra o argentino por 6/0

Melbourne, O Estadao de S.Paulo

28 de janeiro de 2009 | 00h00

O argentino Juan Martín del Potro nem sentiu o gostinho de jogar na quadra central de Melbourne. Foi atropelado pelo ?Expresso Suíço? Roger Federer por 6/3, 6/0 e 6/0. Na semifinal, o número 2 do mundo vai enfrentar o americano Andy Roddick, que avançou graças à desistência, por contusão, do sérvio Novak Djokovic, campeão do ano passado. "Não pude fazer nada", disse Del Potro sobre o jogo perfeito exibido por Federer. Para o argentino, os dois últimos sets foram um suplício. "Só queria que acabasse logo."Depois de reclamar do calendário e do favoritismo do escocês Andy Murray, Federer ironizou "mais uma" desistência de Djokovic. "Estou mais a favor da ideia de que, se você não está bem o bastante, só tem de se retirar."Roddick não criticou o sérvio, mas a regra que permite a um atleta parar por dez minutos para atendimento médico. Djokovic alegou ter pedido à organização do Australian Open para adiar seu jogo. "Deveriam escutar mais os jogadores. Ninguém paga entrada para ver alguém desistir."No feminino, enquanto a russa Elena Dementieva, que já ganhou dois torneios este ano, conhecia cangurus, sua compatriota Dinara Safina eliminava a iugoslava naturalizada australiana Jelena Dokic por 6/4, 4/6 e 6/4.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.