Peruano é pego no doping e perde prata conquistada na natação do Pan

O Comitê Olímpico do Peru anunciou no fim da tarde desta quinta-feira que o nadador Mauricio Fiol foi pego em exame antidoping realizado após a final dos 200 metros borboleta nos Jogos Pan-Americanos, na terça. O peruano ganhou a prata na prova, depois de chegar praticamente empatado com o brasileiro Leonardo de Deus, que levou o ouro.

Estadão Conteúdo

16 de julho de 2015 | 19h14

De acordo com o comitê peruano, o mesmo foi alertado no início da tarde que Fiol testou positivo para stanozonol, esteroide anabolizante derivado da testosterona. É a mesma substância que gerou o doping do canadense Ben Johnson, em 1988, na Olimpíada de Seul.

Fiol agora pode pedir a abertura da contraprova ou apresentação uma apelação. De qualquer forma, ele fica suspenso provisoriamente até que seja tomada uma decisão final. Também perde a medalha de prata conquistada nos 200m borboleta e fica impedido de voltar a competir no pan.

Ainda segundo o Comitê Olímpico do Peru, o atleta e sua treinadora negaram que ele tenha ingerido essa substância. "Vamos fornecer a ele todo o apoio e assessoramento necessário. O Comitê lamenta profundamente esta situação que não afeta o esportista, mas todo os peruanos e espera que tudo possa se resolver da maneira mais favorável dentro das normas estabelecidas."

Como Fiol perde a medalha, agora a prata nos 200m costas é do canadense Zack Cherat. Mas a prata segue na delegação local, com Alec Page. O brasileiro Kaio Márcio, que chegou em quinto, fica no quarto lugar.

Tudo o que sabemos sobre:
Jogos Pan-Americanodopingnatação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.