Baptistão/Estadão
Baptistão/Estadão

Pesquisa Estado: Os melhores de 2018

Conheça os destaques do esporte escolhidos em votação feita com mais de 100 jornalistas de todo o Brasil

O Estado de S. Paulo

09 de dezembro de 2018 | 05h00

A tradicional pesquisa Melhores do jornal O Estado de S. Paulo, que começou em 1978, chega em sua edição 41 neste ano. Nesta temporada, os destaques foram para o Palmeiras, campeão brasileiro, e para nomes do cenário internacional como Lewis Hamilton, da Fórmula 1, e Simone Biles, da ginástica dos EUA. Marta, uma de nossas principais jogadoras, também foi lembrada. Ela recebeu o prêmio de melhor do mundo pela sexta vez, um fato inédito na Fifa. Há muito mais. Confira os vencedores em cada categoria. Lembrando que a pesquisa é resultado de votação dos melhores jornalistas do Brasil.

 

SELEÇÃO DO ANO

O júri apontou uma seleção de destaques formada por sete clubes. O campeão brasileiro, Palmeiras, foi quem mais colocou jogadores na lista, com três. Logo depois, com dois, vieram Cruzeiro e Flamengo.

1. Cássio (Corinthians) - 24%

2. Mayke (Palmeiras) - 57%

3. Dedé (Cruzeiro) - 23%

4. Geromel (Grêmio) - 27%

5. Rodrigo Dourado (Inter) - 15%

6. Renê (Flamengo) - 31%

7. Dudu (Palmeiras) - 31%

8. Bruno Henrique (Palmeiras) - 44%

9. Gabriel Barbosa (Santos) - 34%

10. Lucas Paquetá (Flamengo) - 32%

11. Arrascaeta (Cruzeiro) - 22%

Relembre as últimas dez seleções feitas pelo Estado. Até 2012, a arte era da seleção brasileira ideal e a partir de 2013, o time desenhado era da seleção do futebol brasileiro.

SELEÇÃO BRASILEIRA IDEAL

A votação trouxe uma formação com peças diferentes em relação às usadas pelo Brasil na Copa. Jogadores como Firmino e Arthur ganham espaço, assim como o veterano Daniel Alves, que ficou fora do Mundial por estar machucado.

1. Alisson (Liverpool) - 50%

2. Daniel Alves (PSG) - 55%

3. Marquinhos (PSG) - 31%

4. Miranda (Inter de Milão) - 28%

5. Marcelo (Real Madrid) - 83%

6. Casemiro (Real Madrid) - 47%

7. Arthur (Barcelona) - 42%

8. Philippe Coutinho (Barcelona) - 46%

9. Willian (Chelsea) - 11%

10. Firmino (Liverpool) - 29%

11. Neymar (PSG) - 36%

MELHOR JOGADOR BRASILEIRO

Neymar superou críticas e lesões para se manter em alto nível em 2018. A fratura no pé direito, a Copa do Mundo abaixo do esperado e a reputação arranhada por simular faltas não desanimaram o atacante, que conquistou títulos com o PSG.

1º Neymar (PSG) - 30%

2º Casemiro (Real Madrid) - 19%

3º Coutinho (Barcelona) - 15%

TÉCNICO BRASILEIRO

Luiz Felipe Scolari voltou de forma triunfal ao futebol nacional. Aos 70 anos, ele comandou o Palmeiras rumo ao título brasileiro, quebrou o recorde de invencibilidade (24 jogos) e conseguiu estabelecer no clube o rodízio de titulares.

1º Luiz Felipe Scolari (Palmeiras) - 45%

2º Rogério Ceni (Fortaleza) - 16%

3º Renato Gaúcho (Grêmio) - 14%

TIME BRASILEIRO

O domínio do Palmeiras no segundo semestre alavancou o time a ganhar a preferência dos votantes. O campeão brasileiro com a sequência de 24 rodadas sem perder também foi semifinalista da Libertadores e da Copa do Brasil.

1º Palmeiras - 84%

2º Grêmio - 13%

3º Cruzeiro - 2%

REVELAÇÃO

O atacante Pedro, de 21 anos, foi a única boa surpresa do ano para o Fluminense. Autor de 19 gols, ele chegou até a ser convocado para a seleção brasileira, mas sofreu uma grave lesão no joelho direito em setembro.

1º Pedro (Fluminense) - 29%

2º Rodrygo (Santos) - 17%

3º Lucas Paquetá (Flamengo) - 15%

MELHOR TÉCNICO ESTRANGEIRO

O espanhol Pep Guardiola conseguiu se reinventar em 2018. O ano marcou a conquista dos três primeiros títulos dele na Inglaterra, no comando do Manchester City. O principal deles foi o título do Campeonato Inglês.

1º Pep Guardiola (Manchester City) - 36%

2º Didier Deschamps (França) - 19%

3º Jürgen Klopp (Liverpool)- 19%

MELHOR TIME INTERNACIONAL

Recorde e domínio. O Real Madrid impôs no futebol europeu o raro domínio da Liga das Campeões. A equipe espanhola conquistou em 2018 o torneio pela terceira vez consecutiva, feito inédito neste século.

1º Real Madrid - 36%

2º Manchester City - 26%

3º Liverpool - 15%

MELHOR JOGADOR ESTRANGEIRO

O português Cristiano Ronaldo, de 33 anos, se destacou na votação por manter o alto nível. Artilheiro e campeão novamente da Liga dos Campeões, o atacante fez quatro gols na Copa e deixou o Real Madrid para buscar desafios na Juventus. 

1º Cristiano Ronaldo (Juventus) - 32% 

2º Luka Modric (Real Madrid) - 20%

3º Kylian Mbappé (PSG) - 17%

DESTAQUE MASCULINO BRASILEIRO

Isaquias Queiroz foi o destaque brasileiro na canoagem nos Jogos do Rio conseguiu novos feitos em 2018. No Mundial em Portugal, o baiano de 24 anos ganhou duas medalhas de ouro no C-1 e C-2, em 500m, além de um bronze no C-1 1.000m.

1º Isaquias Queiroz (Canoagem) - 35%

2º Gabriel Medina (Surfe) - 20%

3º Henrique Avancini (Mountain bike) - 6%

DESTAQUE MASCULINO INTERNACIONAL

O piloto inglês Lewis Hamilton, da Mercedes, se consolidou nesta temporada como uma das lendas da Fórmula 1. Ao conquistar o pentacampeonato, Hamilton se aproxima dos números do maior vencedor da história, o alemão Michael Schumacher.

1º Lewis Hamilton (Fórmula 1) - 30%

2º LeBron James (Basquete) - 10%

3º Eliud Kipchoge (Atletismo) - 9%

DESTAQUE FEMININO BRASILEIRO

Para desbancar Ana Marcela Cunha, da maratona aquática, e Ana Sátila, da canoagem slalom, Marta contou com um trunfo importante neste ano: foi eleita pela Fifa, pela sexta vez, a melhor jogadora de futebol do mundo.

1º Marta (Futebol) - 56%

2º Ana Marcela Cunha (Maratona Aquática) - 13%

3º Ana Sátila (Canoagem Slalom) - 8%

DESTAQUE FEMININO INTERNACIONAL

Depois de um período sabático, Simone Biles, dos EUA, voltou com tudo no Mundial de ginástica artística e ganhou mais pódios para sua coleção. Ela obteve quatro medalhas de ouro, uma de prata e uma de bronze em Doha.

1º Simone Biles (Ginástica artística) - 18%

2º Naomi Osaka (Tênis) - 11%

3º Serena Williams (Tênis) - 10%

DESTAQUE MASCULINO PARALÍMPICO

Numa disputa apertada com duas lendas do esporte paralímpico, André Rocha brilhou numa temporada que teve como marca importante a obtenção do recorde mundial no arremesso de peso na classe F53.

1º André Rocha (Arremesso de peso) - 18%

2º Daniel Dias (Natação) - 16%

3º Ricardinho (Futebol de cinco) - 15%

DESTAQUE FEMININO PARALÍMPICO

A paulista Alana Maldonado, da categoria até 70 kg, conquistou a primeira medalha de ouro do Brasil na história do Mundial de Judô Paralímpico, para atletas com deficiência visual, na competição disputada em Lisboa.

1º Alana Maldonado (Judô)

2º Aline Rocha (Esqui cross-country e atletismo)

3º Evellyn Ramos (Natação)

Veja quem votou:

ADONIS ALONSO – BLOG DO ADONIS; ALBERTO HELENA JR. – TV GAZETA; ALEX ALVES FOGAÇA – REDETV!; ALEXANDRE GUARIGLIA – DIÁRIO LANCE!; ALEXANDRE SALVADOR – VEJA; ALEXANDRE SENECHAL – VEJA; ALMIR LEITE – O ESTADO DE S. PAULO; ALYSSON RODRIGUES – FREELANCER; ANDRÉ CARBONE – YAHOO ESPORTES; ANDRÉ GALVÃO – TV BAND/RÁDIO TRANSAMÉRICA; ANDREZA GALDEANO – O ESTADO DE S. PAULO; ANGELO CAMPOS – 89 FM; ARNAUD PIERRE COURTADON – GAZETA ESPORTIVA; BERNARDO RAMOS – RÁDIO BANDEIRANTES; BRUNO PRADO – JOVEM PAN; CAIO CÉSAR CAPPATO – BANDSPORTS; CARLOS FERNANDO – BANDSPORTS; CATHARINA OBEID – O ESTADO DE S. PAULO; CELSO UNZELTE – ESPN; CESAR FERREIRA FILHO – REDE TV!; CÉSAR GUIMARÃES – LANCE!; CIRO CAMPOS – O ESTADO DE S. PAULO; DANIEL BATISTA – O ESTADO DE S. PAULO; DEMÉTRIO VECCHIOLI –UOL; DON ROBERTO COSTA – RÁDIO TRIANON AM; DOUGLAS WILLIANS – FREELANCER; ELCIO MENDONÇA – REDETV!; ERICH BETING – MÁQUINA DO ESPORTE; EUGENIO GOUSSINSKY – R7; FÁBIO MARCONDES – RÁDIO TRIANON; FELIPE BARBOSA – PORTAL IG; FELIPE LOBO – TRIVELA; FELIPE ROSA MENDES – O ESTADO DE S. PAULO; FELIPPE PALERMO – F4L; FELIPPE ROCHA – LANCE!; FELIPPE SCOZZAFAVE – ESPN; FERNANDO A. FLEURY – ESPN; FERNANDO CAMARGO – VOZ DO ESPORTE; FERNANDO FONTANA – REDE TV!; FERNANDO HENRIQUE AHUVIA – GOAL BRASIL; GABRIEL ARAUJO – RÁDIO TRIANON; GABRIEL MELLONI – O ESTADO DE S. PAULO; GERSON LOURENÇO – O DIÁRIO DE MOGI; GIOVANE MARTINELI – DIÁRIO DO PEIXE; GLAUCO DE PIERRI - O ESTADO DE S. PAULO; GONÇALO JUNIOR – O ESTADO DE S. PAULO; GUIDO NUNES – SPORTV / TV GLOBO; GUILHERME DIONIZIO – FOTÓGRAFO COLABORADOR; GUTO ABLAS – EQUIPE LÍDER; HUGO BOTELHO – ESPN; HUMBERTO MAIA - MONEY REPORT; JOÃO PRATA – O ESTADO DE S. PAULO; JOKA FINARDI - SUPER TOP MOTOR; JOSÉ CALIL – RÁDIO TRANSAMÉRICA; JOSÉ EDGAR DE MATOS – UOL; LEANDRO BEHS – GAÚCHA ZH; LEANDRO SILVEIRA – O ESTADO DE S. PAULO; MARCELO BELPIEDE – GAZETA ESPORTIVA; MARCELO GODOY – O ESTADO DE S. PAULO; MARCELO ROMANO – BLOG ROMANO OLÍMPICO; MARCIO DOLZAN – O ESTADO DE S. PAULO; MARCIO MONTEIRO DE ALENCAR – LANCE!; MARCIUS AZEVEDO – O ESTADO DE S. PAULO; MARCOS ANTÔNIO – SURTO OLÍMPICO; MÁRIO ANDRÉ MONTEIRO – PORTAL IG; MAURÍCIO NORIEGA – REDE GLOBO; MAURO BETING – UOL, ESPORTE INTERATIVO, JOVEM PAN, NOSSO PALESTRA; MAURO CEZAR PEREIRA – O ESTADO DE S. PAULO E ESPN; MAURO TEIXEIRA – DIÁRIO DO PEIXE; PAULO FAVERO – O ESTADO DE S. PAULO; PEDRO CORRÊA – TRIPLE COMUNICAÇÃO; PEDRO HALLACK – O ESTADO DE S. PAULO; RAFAEL DIVERIO – ZERO HORA; RAFAEL FRANCO – O ESTADO DE S. PAULO; RAFAEL PEZZO – UOL; RAFAEL VALENTE – ESPN; RAPHAEL RAMOS – O ESTADO DE S. PAULO; RENAN CACIOLI – O ESTADO DE S. PAULO; RENAN FERNANDES – O ESTADO DE S. PAULO; RENATO NALESSO – TV BANDEIRANTES; RENATO SENNA – DESTAK; RICARDO ZANEI – ESPN BRASIL; ROBERTO BASCCHERA – O ESTADO DE S.PAULO; ROBERTO LIOI – RÁDIO CBN/GLOBO; ROBERTO MALESON – GLOBOESPORTE.COM; ROBSON MORELLI – O ESTADO DE S. PAULO; ROBSON RAMOS – GRUPO BANDEIRANTES; RODNEY BROCANELLI – RÁDIO PREMIUM ESPORTES; RODRIGO ALONSO – O LIBERAL; RODRIGO CAVALCANTE FONSECA – BAND CEARÁ; RODRIGO LUIZ – O ESTADO DE S. PAULO; ROGÉRIO PITELI –BANDSPORTS; SAULO PRÓSPERO – OS OLÍMPICOS; SÉRGIO RIZZO – O GLOBO; SILVIO LANCELLOTTI – PORTAL R7 – REDE RECORD; THIAGO NOGUEIRA – JORNAL O TEMPO; THIAGO SUMAN – RÁDIO INFERNO; ULISSES GAMA – BAHIA NOTÍCIAS; VALTER LENZI – JORNAL TAPERÁ; VINÍCIUS SAPONARA – O ESTADO DE S. PAULO; VLADIR LEMOS – TV CULTURA; WALLACE QUARESMA – AGÊNCIA FELLEGGER; WILSON BALDINI JR. – O ESTADO DE S. PAULO; WILSON JUNIOR – FOX SPORTS

 

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.