Daniel Smorigo/ASP South America/ Divulgação
Daniel Smorigo/ASP South America/ Divulgação

Peterson Crisanto e Willian Cardoso passam pela repescagem em Jeffreys Bay

Brasileiros continuam na disputa da etapa do Circuito Mundial de surfe na África do Sul

Redação, O Estado de S.Paulo

10 de julho de 2019 | 16h21

Últimos colocados de suas baterias da primeira fase, na última terça-feira, quatro surfistas brasileiros caíram na água nesta quarta para a disputa da repescagem da etapa de Jeffreys Bay, na África do Sul, a quinta da temporada de 2019 do Circuito Mundial. Peterson Crisanto e Willian Cardoso se saíram bem em uma disputa totalmente nacional e avançaram à segunda fase. Jessé Mendes e Jadson André ficaram pelo caminho e foram eliminados precocemente.

Na quarta e última bateria da repescagem, três brasileiros disputaram duas vagas. Peterson Crisanto conseguiu duas boas ondas e garantiu a liderança com um somatório de 13,07 pontos. Na luta pela segunda colocação, Willian Cardoso levou a melhor com uma diferença de apenas 0,34 para Jadson André (12,20 contra 11,86).

Um pouco antes, na terceira bateria, Jessé Mendes foi eliminado ao ficar na terceira posição com 11,83 pontos - atrás do francês Jeremy Flores, vencedor com 15,84, e do português Frederico Morais, segundo colocado com 13,23.

Na segunda fase, que deve ser disputada nesta quinta-feira, Peterson Crisanto e Willian Cardoso se juntam a outros oito surfistas do Brasil. Terceiro colocado na atual temporada, Filipe Toledo enfrentará o sul-africano Michael February. Atual campeão mundial, Gabriel Medina terá pela frente o norte-americano Griffin Colapinto.

Os outros surfistas brasileiros na disputa são: Yago Dora, Adriano de Souza (Mineirinho), Deivid Silva, Michael Rodrigues, Caio Ibelli e Ítalo Ferreira.

FEMININO

Na disputa entre as mulheres, iniciada nesta quarta-feira, Tatiana Weston-Webb avançou diretamente às oitavas de final ao garantir a segunda colocação na sexta bateria com o somatório de 12,37 pontos, um a mais que Silvana Lima, que acabou indo à repescagem. Nela, a paulista conseguiu se recuperar com estilo ao bater a norte-americana Sage Erickson e a australiana Keely Andrew.

Tudo o que sabemos sobre:
surfeCircuito Mundial de Surfe

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

  • Raí valoriza montagem do elenco do São Paulo para o Brasileirão
  • Em crise, Figueirense se movimenta para evitar novo W.O.
  • Corinthians, Palmeiras e São Paulo tem as melhores defesas do Campeonato Brasileiro
  • Podcast: personalidades do esporte analisam a situação do futebol no Brasil
  • Bruno Henrique vibra com gols no Maracanã: 'Semana mais feliz da minha vida'

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.