Petrov defende seu direito de lutar por posição

Depois de Sebastian Vettel, Fernando Alonso e Mark Webber, o russo Vitaly Petrov, da Renault, foi o piloto mais procurado pela imprensa. Não porque chegou em sexto lugar, mas em razão de ter segurado atrás de si Alonso por 37 voltas, o que impediu o espanhol de crescer na classificação e permitiu o título a Vettel. A quarta colocação já bastava para Alonso, que acabou em sétimo.

, O Estado de S.Paulo

15 de novembro de 2010 | 00h00

"O que ele queria que eu fizesse? Estou aqui para fazer a minha corrida e acho que hoje fiz um bom trabalho. Os comissários não me chamaram a atenção uma única vez, o que mostra que não fiz nada de errado", disse o russo. Petrov afirmou que se Alonso tivesse colocado sua Ferrari lado a lado com a Renault, evitaria forçar a situação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.