Divulgação<br>
Divulgação

Pezão passa por cirurgia para retirada de tumor no cérebro

Nesta terça-feira, lutador brasileiro faz sua segunda operação por acromegalia, doença crônica causada pelo excesso de hormônios

O Estado de S. Paulo

23 de setembro de 2014 | 08h58

Após ser derrotado no UFC Fight Night em Brasília para Andrei Arlovski há 10 dias, o brasileiro Antônio "Pezão" Silva terá de passar por uma cirurgia para retirar um tumor na glândula pituitária, localizada na cabeça. O peso-pesado será operado nesta terça-feira, em São Paulo. Prevista desde junho deste ano, a intervenção já estava marcada para ocorrer depois da luta em Brasília, quando o lutador paraibano fez o principal combate da noite. 

Pezão havia ficado nove meses afastado após ser pego no teste antidoping em batalha com o neozelandês Mark Hunt, pelo uso excessivo de TRT, tratamento com reposição de testosterona. Essa não é a primeira vez que ele fará uma cirurgia na região do cérebro. Em 2006, o lutador tirou tumor benigno por possuir acromegalia ou gigantismo, doença crônica causada pelo excesso de hormônio do crescimento. Mesmo com outra operação, o brasileiro está confiante que tudo será feito de modo correto.

"Eu devo receber alta do hospital na próxima segunda-feira", disse ao site MMA Fighting. Ainda sem prazo para voltar aos octógonos, Pezão deve retornar aos treinamentos entre quatro ou seis semanas, de acordo com os próprios médicos.




Tudo o que sabemos sobre:
ufcmmaantonio pezao silva

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.