Phelps é condenado por dirigir bêbado

O nadador norte-americano Michal Phelps, maior medalhista dos Jogos Olímpicos de Atenas, foi condenado nesta quinta-feira a 18 meses de liberdade condicional por ter sido flagrado dirigindo bêbado. A sentença foi dada pelo juiz Lloyd O. Whitehead. O atleta não poderá cometer nenhum outro delito durante esse período para que não seja detido por reincidência. Além da pena, Phelps, de 19 anos, terá de pagar uma multa de US$ 250 ao juizado de Salisbury, pequena cidade do estado de Maryland, e assistir aulas sobre os riscos de se conduzir um carro ébrio, dar conferências para estudantes e ficar em total abstenção do álcool.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.