Phelps fatura tri nos 100m borboleta e 17º ouro

Incansável, Michael Phelps acrescentou mais um triunfo a sua coleção recorde de 21 medalhas nesta sexta-feira. Nos 100 metros borboleta, ele conquistou o tricampeonato olímpico e o seu 17º ouro em três edições dos Jogos.

AE, Agência Estado

03 Agosto 2012 | 17h46

O título teve sabor de revanche para o americano. Ele havia sido superado na batida de mão pelo sul-africano Chad Le Clos nos 200 metros borboleta, na terça. Desta vez, porém, não deu chances ao rival e bateu na frente, com 51s21, deixando Le Clos em segundo. O sul-africano vai dividir a prata com o russo Evgeny Korotyshkin. Ambos marcaram 51s44.

Phelps soma agora três ouros e duas pratas em Londres. Entre estas conquistas, há três tricampeonatos olímpicos: nos 200 metros medley, quando se tornou o primeiro atleta a faturar três títulos seguidos na natação, no revezamento 4x200 metros livre e agora nos 100 metros borboleta. Ele ainda vai nadar o revezamento 4x100 metros medley no sábado.

Se subir ao pódio, ampliará ainda mais seu recorde de medalhas. Na terça-feira, ele superou a marca histórica da ginasta russa Larisa Latynina, dona de 18 medalhas. Phelps pode encerrar sua participação em Jogos Olímpicos, no sábado, com 22 medalhas.

Enquanto Phelps consolidava seu nome na história, a jovem americana Missy Franklin dava seus primeiros passos para escrever seu nome na natação mundial. Ela derrubou o recorde mundial nos 200 metros costas em mais de meio segundo: 2min04s06 contra 2min04s81.

A marca anterior pertencia à Kirsty Coventry, do Zimbábue, que foi apenas a sexta colocada na final desta sexta, com o tempo de 2min08s18. A prata ficou com a russa Anastasia Zueva (2min05s92) e o bronze, com a americana Elizabeth Beisel (2min06s55).

Os Estados Unidos também levaram o ouro nos 800 metros livre, com Katie Ledecky e seus 8min14s63. A espanhola Mireia Belmonte Garcia levou a prata, com 8min18s76. O bronze ficou com a britânica Rebecca Adlington - 8min20s32.

Nas eliminatórias, a holandesa Ranomi Kromowidjojo foi a mais rápida nas semifinais dos 50 metros livre, com o tempo de 24s07. A bielo-russa Aliaksandra Herasimenia registrou o segundo melhor tempo, com 24s45, seguida da holandesa Marleen Veldhuis - 24s50. Recordista da prova, com 23s73, a alemã Britta Steffen fez o quarto tempo, com 24s57.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.