Phelps mira recorde de Thorpe na final dos 200 m livre

O norte-americano Michael Phelps acredita que o recorde mundial do australiano Ian Thorpe nos 200 metros livre estará ameaçado na final do Mundial de Natação de Melbourne, que acontece nesta terça-feira.Nenhum nadador chegou próximo do recorde do australiano de 1min44s06 nas semifinais desta segunda-feira, mas Phelps disse que a qualidade dos competidores significa que a marca alcançada há seis anos em Fukuoka, no Japão, pode cair.Phelps, o tricampeão olímpico Pieter van den Hoogenband, da Holanda, e o sul-coreano novo campeão mundial dos 400 metros livre, Park Tae-hwan, estarão disputando o ouro."Alguns rapazes querem derrubar essa marca", disse Phelps, que busca em Melbourne a inédita marca de oito medalhas de ouro num Mundial. "Qualquer coisa é possível. O recorde mundial de Thorpe é quase perfeito."O barbudo Thorpe, que anunciou sua aposentadoria em novembro do ano passado, viu da arquibancada Van den Hoogenband registrar o melhor tempo das semifinais, com 1min46s33, 0s42 à frente de Phelps."Eu me senti como queria me sentir", disse Phelps. "Eu não forcei muito na água. Na terça-feira eu vou ter que forçar. Certamente o trabalho debaixo d´água será a chave", disse.A possibilidade de uma revanche contra o holandês anima Phelps, que terminou com o bronze atrás de Thorpe e Van den Hoogenband quando os dois se enfrentaram pela última vez, na final dos 200 metros livre na Olimpíada de Atenas (2004).Van den Hoogenband começou a eliminatória semifinal num ritmo forte e nadou abaixo do ritmo do recorde mundial nos 50 m e nos 100 m iniciais, mas cansou no fim. Ele se disse preparado para o combate com Phelps."Acho que estou em boa forma. Michael Phelps também é muito bom e temos o nadador coreano, então será uma final empolgante", disse o holandês. "Acho que posso forçar mais na final, então veremos se vai ser bom o bastante."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.