Piá, do Rio Preto, vai a júri no dia 3 de abril

Rui César Fernandes Paulini, assassino confesso do mototaxista Vailto Rodrigues da Rocha, não esteve ontem no Fórum de Limeira e o julgamento, em que o jogador Piá, do Rio Preto, é co-autor, foi novamente adiado. Piá, ex-Ponte Preta e primo de Paulini, será julgado em separado no dia 3 de abril.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.