Piloto italiano sai do coma após acidente no Rally Dakar

O piloto italiano Luca Manca despertou do coma induzido e já está respirando sem aparelhos. Ele sofreu um grave acidente na última quinta-feira, durante a disputa da sexta etapa do Rally Dakar, e está internado desde então, em estado grave, no Chile.

AE, Agencia Estado

13 de janeiro de 2010 | 15h22

Segundo comunicado entregue pelo médico Alberto Muñoz, chefe da Unidade de Cuidados Intensivos do hospital em que Luca estava internado, em Santiago, o piloto passou a respirar sem a ajuda de aparelhos, reagindo aos chamados e conseguindo abrir os olhos.

De acordo com os médicos, o edema cerebral havia diminuído e, por isso, Luca fora retirado do coma induzido. No entanto, seria cedo demais para determinar a ausência de sequelas a longo prazo.

Luca Manca, da equipe KTM, foi internado com um edema no cérebro e diversas lesões corporais após perder o controle e cair de sua moto no quilômetro 14 da sexta etapa do rali, quando ocupava a 25ª colocação na classificação geral.

Tudo o que sabemos sobre:
Rally DakarLuca Manca

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.