Pintura de Maicon põe Inter de volta à ponta

A Internazionale retomou ontem a liderança do Campeonato Italiano, ainda que de forma provisória, com uma obra de arte de Maicon. No clássico tenso com a Juventus, o lateral brasileiro levou os milaneses ao delírio com um golaço no final do jogo, que encaminhou a vitória por 2 a 0.

MILÃO, O Estado de S.Paulo

17 de abril de 2010 | 00h00

Aos 29 minutos do segundo tempo, o lateral dominou um rebote pelo alto na entrada da área, tirou da marcação do atacante Amauri e, sem deixar a bola cair, soltou a bomba, indefensável para Buffon. Em apenas três toques, Maicon resolveu um duelo bastante equilibrado e, visivelmente emocionado, comemorou com a torcida o retorno à liderança - o segundo gol, de Eto"o, veio nos acréscimos.

Em clássico nervoso, especialmente na etapa inicial, faltaram chances de gol e sobraram troca de empurrões. Julio Cesar, Lúcio e Maicon, na Inter, mostraram mais uma vez que a seleção brasileira terá uma excelente base defensiva na Copa. Na Juventus, Felipe Melo teve atuação regular e mais uma vez abusou dos lances violentos. Escapou de ser expulso antes do intervalo, após forte entrada em Pandev.

Com o resultado, a Inter chegou a 70 pontos, dois à frente da Roma, que amanhã pega a Lazio. Depois desta, faltarão quatro rodadas para o fim do Italiano.

A vitória ainda deu confiança ao time de Milão para uma parada dura na terça-feira, quando vai receber o Barcelona de Messi para o jogo de ida das semifinais da Copa dos Campeões.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.