Pistorius fracassa e não obtém vaga olímpica nos 400m

O velocista sul-africano Oscar Pistorius, que tem ambas as pernas amputadas, fracassou na sua tentativa de se classificar para a prova dos 400 metros nos Jogos Olímpicos de Londres. Nesta sexta-feira, ele terminou a disputa no Campeonato Africano de Atletismo, que está sendo realizado em Benin, na cidade de Porto-Novo, na segunda colocação, mas o resultado não foi suficiente.

AE-AP, Agência Estado

29 de junho de 2012 | 14h41

Na sua última chance de obter a vaga em Londres, Pistorius marcou 45s52, acima portanto do índice olímpico de 45s30 que ele precisava obter. O sul-africano, porém, ainda pode se tornar o primeiro atleta amputado a competir na história dos Jogos Olímpicos se for selecionado para a equipe do revezamento 4x400 metros do seu país.

Em março, ele marcou o tempo de 45s20 em Pretória, mas tinha que conseguir o índice olímpico mais uma vez para que se garantir nos Jogos de Londres. Pistorius almeja participar da Olimpíada e da Paralimpíada no mesmo ano, e disse que ainda está esperançoso de ser escolhido para o revezamento sul-africano.

No ano passado, ele participou da equipe que faturou a medalha de prata no 4x400 metros no Mundial de Atletismo de Daegu, mas sem a sua presença na final. "Me senti bem na corrida de hoje e estou satisfeito por ter ganho a medalha de prata no Campeonato Africano", disse Pistorius.

"Estou obviamente decepcionado porque meu tempo foi apenas 2 décimos de segundo acima do índice olímpico", completou. "Eu tive um grande começo de temporada, obtendo o índice olímpico e estou esperando ser escolhido para correr pela África do Sul no revezamento 4x400 metros", finalizou.

Tudo o que sabemos sobre:
OlimpíadaatletismoOscar Pistorius

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.