Pistorius será colocado em liberdade condicional em agosto, diz familiar

O atleta sul-africano Oscar Pistorius deve ser colocado em liberdade condicional em agosto, após cumprir 10 meses da pena de prisão por homicídio culposo pela morte de sua namorada, a modelo Reeva Steenkamp, de acordo com um membro da família.

REUTERS

08 de junho de 2015 | 09h48

O velocista olímpico e paralímpico está atualmente cumprindo sentença de cinco anos de prisão após ser condenado em outubro, depois de sete meses de julgamento.

"Oscar será solto sob condicional no final de agosto", disse um membro da família Pistorius, que não quis ser identificado, à Reuters. Autoridades do Departamento de Serviços Penitenciários da África do Sul não estavam imediatamente disponíveis para comentários.

A soltura de Pistorius, cujas pernas foram amputadas quando bebê, é amplamente esperada porque ele foi condenado sob as leis sul-africanas para cumprir um pequeno período na cadeia, ou somente um sexto da sentença.

Reeva Steenkamp, de 29 anos, modelo e bacharel em direito, morreu quase instantaneamente quando Pistorius atirou nela através da porta trancada do banheiro em sua luxuosa casa em Pretória, em 2013.

Procuradores tentaram uma condenação por assassinato, mas o atleta disse que atirou acreditando se tratar de um intruso que estava escondido atrás da porta, em legítima defesa, num país com um dos maiores índices de crimes violentos no mundo.

(Reportagem de Peroshni Govender)

Tudo o que sabemos sobre:
ATLETISMOPISTORIUSCONDICIONAL*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.