Pliskova confirma favoritismo e vai às quartas em Miami; Muguruza abandona

Checa bate Barbora Strycova por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 6/4

O Estado de S.Paulo

27 de março de 2017 | 16h10

A checa Karolina Pliskova segue fazendo bonito no Torneio de Miami. Nesta segunda-feira, a cabeça de chave número 2 da competição não teve maiores dificuldades para derrotar sua compatriota Barbora Strycova por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 6/4, e garantir vaga nas quartas de final.

Pliskova precisou de apenas 1h10min para dar mais um passo rumo ao título do torneio norte-americano. De quebra, a tenista número 3 do mundo desempatou a seu favor o histórico de confronto entre elas, já que venceu a compatriota pela segunda vez em três duelos disputados.

Apesar da vitória, Pliskova teve dificuldades em seu serviço. Ela chegou a ser quebrada em duas oportunidades pela 15.ª cabeça de chave em Miami. Só que a favorita também soube atacar o saque adversário, aproveitou cinco dos sete break points que teve e triunfou sem suar muito.

Agora, Pliskova espera para conhecer sua próxima adversária no torneio. Ela vai encarar a croata Mirjana Lucic-Baroni, número 29 do mundo, ou a norte-americana Bethanie Mattek-Sands, apenas a 158.ª do ranking.

Se a checa confirmou o favoritismo, a eslovaca Dominika Cibulkova foi surpreendida e viu sua trajetória em Miami chegar ao fim nesta segunda-feira. Ela perdeu justamente para uma jogadora da República Checa, Lucie Safarova, que levou a melhor por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/5) e 6/1.

Quarta cabeça de chave, Cibulkova foi amplamente dominada pela adversária, número 36 do mundo, principalmente no segundo set. Com o surpreendente triunfo, Safarova também garantiu-se nas quartas de final.

MUGURUZA ABANDONA

A próxima adversária de Safarova será a dinamarquesa Caroline Wozniacki. A ex-número 1 do mundo nem precisou jogar uma partida inteira para avançar, uma vez que sua adversária, a espanhola Garbine Muguruza, abandonou o confronto após perder o primeiro set por 7/6 (7/1).

Ao fim da primeira parcial, Muguruza deu sinais de que não estava se sentindo bem e pediu a presença do médico, que checou seu pulso e temperatura. Sem condições de continuar, a espanhola desistiu da partida e deu a vaga nas quartas de final a Wozniacki, 12.ª cabeça de chave.

Tudo o que sabemos sobre:
tênis

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.