''Podemos ir ainda mais longe''

Aranha: goleiro da Ponte Preta. Destaque da Ponte Preta na semifinal, camisa 1 acredita que time tem condições de bater o favorito adversário

O Estadao de S.Paulo

26 de abril de 2008 | 00h00

Depois das boas atuações contra o Guaratinguetá, nas semifinais do Paulsita, você deu muitas entrevistas, foi convidado para participar de programas de televisão, teve o nome gritado pela torcida em praticamente todos os treinamentos. Você acredita que esse assédio pode fazer com que perca um pouco da concentração?Eu não perdi o foco em momento algum. Quem me conhece não me viu eufórico, me viu sempre concentrado.Os próprios jogadores da Ponte Preta consideram o Palmeiras como favorito. Até onde a Ponte pode chegar?Nós já mostramos ter condições de jogar bem e ir ainda mais longe do que já fomos até agora. Não podemos deixar de acreditar. O Palmeiras tem um ataque muito bom. Mas será campeão o time que for mais aplicado.O Palmeiras tem Valdivia, que é um grande jogador e também um provocador em campo. O que a Ponte pode fazer para pará-lo na decisão? Se o nosso time não entrar na provocação dele, ele pode fazer o que for e não vai conseguir fazer nada.Você já disse que o ataque palmeirense é muito bom. Isso significa mais trabalho para você. Acredita que pode vencer o duelo com o ataque palmeirense?Acredito que sim. Estou me preparando para vencer essa disputa. Tenho trabalhado muito.Você está há seis anos na Ponte Preta, já esteve na reserva, foi rebaixado para a Série B do Campeonato Brasileiro. Como avalia a sua história no clube?Apesar de ter estado na reserva, sempre fiz um bom trabalho. Sempre tive atuações boas. Se tiver de sair da Ponte Preta depois do campeonato eu quero sair pela porta da frente.E o momento atual, de afirmação perante a torcida e a imprensa?Essa é uma vitória pessoal. Muita gente fez coisas erradas por aqui e foi embora. O torcedor acabava descontando em mim, porque eu permanecia no clube. Eu tento ser um goleiro regular. Qual o jogo em que levei um frango? Mas também não adianta nada fazer uma partida como essa última contra o Guaratinguetá e depois fazer bobagem contra o Palmeiras. Você se considera o melhor goleiro do Campeonato Paulista?Não sei se sou o melhor. Fui um dos mais regulares durante a competição, isso eu tenho certeza. Mas dizer que fui o melhor seria muita pretensão minha.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.