Polêmica ofusca premiação da Superliga

O cenário estava pronto para uma cerimônia festiva, mas a entrega dos prêmios às melhores jogadoras da Superliga Nacional Feminina de Vôlei, nesta terça-feira, em São Paulo, deixou evidente a polêmica que envolve a seleção brasileira. Bia, eleita a melhor jogadora e atacante do torneio, e Fernanda Venturini, a melhor levantadora, ambas do BCN/Osasco, não foram convocadas pelo técnico da seleção, Marco Aurélio Motta. "Estão me perguntando por que não fui chamada, mas eu também não sei. Se o Marco Aurélio quiser me telefonar para se explicar, tudo bem", disse Bia.Até mesmo o reservado técnico José Roberto Guimarães, campeão olímpico em Barcelona (1992) com a seleção masculina, campeão brasileiro com o BCN e apontado como o principal treinador da Superliga, falou sobre o assunto. "Marco Aurélio está sendo cabeça-dura. Já é hora de o presidente da Confederação Brasileira (Ary Graça Filho) parar de passar a mão na cabeça dele", disse. "No passado, as jogadoras e o treinador erraram. Agora, precisamos somar esforços, pois temos a Olimpíada de Atenas pela frente e a seleção está em primeiro lugar."Zé Roberto referia-se a Walewska, Elisângela, Raquel, Érika e Fofão, que pediram dispensa da seleção antes do Mundial de 2002 por desentendimentos com Marco Aurélio. "Se eu comandasse a seleção, a Bia teria a chance de treinar com o grupo e mostrar suas qualidades." Fabiana, meio-de-rede do MRV/Minas, apontada como revelação do torneio, não escondeu a surpresa pelo prêmio. "Tudo está acontecendo muito rápido na minha carreira. Em pouco mais de três anos, saí do infantil do Minas para a seleção brasileira adulta. Não esperava tanto sucesso."Prêmios - Além de Bia e Fernanda Venturini, o BCN teve a meio-de-rede Valesquinha (bloqueio) e a líbero Arlene (defesa) eleitas como destaques da Superliga. Também foram premiadas Fabi (Automóvel Clube de Campos), melhor líbero e recepção; Raquel (Rexona), saque; e Valdir Delaqua (Federação Paulista de Vôlei), melhor árbitro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.