Poliana Okimoto celebra por abrir temporada com medalha de prata na Argentina

Nadadora fica em segundo lugar primeira maratona aquática do ano, válida pela Copa do Mundo

Estadão Conteudo

05 Fevereiro 2017 | 16h26

Medalhista nos Jogos Olímpicos do Rio, em 2016, Poliana Okimoto manteve a rotina de conquistas no início de 2017. A brasileira abriu a Copa do Mundo de Maratona Aquática com a conquista da prata na etapa da Argentina, realizada em Viedma. As condições climáticas foram um desafio extra para os competidores, com o mau tempo adiando o início da disputa, que foi realizada sob chuva. Até por isso, Poliana festejou o seu resultado na prova de dez quilômetros.

"Muito bom começar o ano bem. Segundo lugar na 1ª etapa da Copa do Mundo. Prova muito difícil e muito dura, com correnteza forte, vento, marola, frio, chuva e raios. Mas mais uma experiência sensacional que levarei para vida", festejou Poliana am publicação no seu perfil na rede social Instagram.

 


Poliana marcou o tempo de 2h12min13s54 e ficou empatada com a italiana Rachelle Bruni. Assim, elas voltaram a subir juntas ao pódio, pois no Rio-2016, a brasileira levou o bronze e a europeia ficou com a prata. Já Arianna Bridi, também da Itália, faturou o ouro ao completar os dez quilômetros em 2h11min30s42.

Outros quatro brasileiros também competiram na Argentina. Ana Marcela Cunha foi a quinta colocada (2h12min18s11) e Betina Lrscheitter garantiu o 14º lugar. Na disputa masculina, o ouro também ficou com um italiano Federico Vanelli, com o tempo de 1h57min02s42. Allan do Carmo garantiu a sexta posição (1h58min33s67), logo à frente do também brasileiro Fernando Ponte (1h58min52s42).

A próxima etapa da Copa do Mundo de Maratona Aquática está agendada para 11 de março, em Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.