Poliana Okimoto é prata na maratona aquática

A nadadora Poliana Okimoto, do Corinthians, abriu neste domingo a temporada da Copa do Mundo de Maratona Aquática com uma medalha de prata na Travessia Internacional de Santos. A brasileira só ficou atrás de Cecília Biagoli, da Argentina, vencedora da prova no percurso olímpico de 10 quilômetros.

AE, Agência Estado

17 de abril de 2011 | 16h51

Outra brasileira a se destacar foi Ana Marcela, da Unisanta, que, nadando em casa, terminou em quinto. Como a prova era seletiva sul-americana para os Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, elas garantiram duas vagas para o Brasil na competição. Sete estavam em jogo, mas com limite de dois por país.

"Passei um pouco mal no início da prova e preferi segurar um pouco. Depois apertei o ritmo um pouco, mas não sabia que a Cecília estava tão na frente. Agora, no fim, uma correnteza atrapalhou a todas nós e embaralhou as posições, mas deu pra segurar um pódio", explicou Poliana

Entre os homens, o melhor brasileiro foi Allan do Carmo, da Aceb/BA, que terminou a prova em quarto. O campeão mundial dos 5 km e dos 10 km em Roma, em 2009, Thomas Lurz, da Alemanha, foi o vencedor na orla santista.

O Brasil também garantiu duas vagas masculinas no Pan-Americano, mas ainda não se sabe qual foi o brasileiro que conseguiu o feito. Com a chegada de muitos atletas ao mesmo tempo, não se sabe quem chegou na frente entre Victor Colonese, da Unisanta, e Victor Simões, da Aceb/BA, nem a posição exata deles. A organização espera a ver as filmagens para chegar a uma conclusão.

Tudo o que sabemos sobre:
maratona aquáticaPoliana Okimoto

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.