Patrick B. Kraemer/EFE
Patrick B. Kraemer/EFE

Poliana Okimoto é sétima na maratona aquática de 10 km

Brasileira sentiu o cansaço da medalha de bronze, conquistada na terça-feira, também no Mundial de Roma

AE, Agencia Estado

22 de julho de 2009 | 08h31

Um dia depois de conquistar a medalha de bronze na maratona aquática de 5 quilômetros, o brasileira Poliana Okimoto voltou ao mar nesta quarta-feira para a prova de 10 quilômetros, também válida pelo Mundial de Esportes Aquáticos, em Roma. Apesar do desgaste por ter nadado na terça, ela teve bom desempenho e terminou a prova na sétima colocação.

Veja também:

linkCBDA dará prêmios por medalhas no Mundial de Roma

linkCésar Castro vai à final da plataforma de 3m no Mundial 

linkEquipe brasileira termina em oitavo no nado sincronizado

linkPolo aquático perde outra e não tem chances de avançar

   

Poliana completou a prova em 2h01min41s5, a apenas 4s4 da primeira colocada, a britânica Keri-Anne Payne. A prata ficou com a russa Ekaterina Seliverstova, e a italiana Martina Grimaldi completou o pódio com o bronze.

Após a prova, a brasileira comemorou o resultado. "Foi uma prova com um ritmo muito forte, mas eu nadei super bem. Fiquei muito feliz. Apesar do resultado final ter sido um sétimo lugar, eu cheguei muito perto de todas. Eu cansei um pouquinho da prova de ontem. Competir num ritmo muito forte em dois dias é bem difícil, mas as meninas que nadaram melhor hoje foram as que não nadaram ontem", disse.

A outra representante do País, Ana Marcela Cunha, terminou em 22.º lugar. Ela nadou entre as primeiras colocadas durante quase toda a prova, mas sofreu com as pancadas do pelotão e perdeu rendimento nos últimos 1.500 metros, depois de ser atingida e ferir o olho esquerdo.

"Estou aqui com a vista inchada e colocando gelo. Infelizmente isso faz parte da disputa e temos que aprender com as experiências. Está tudo bem. Ainda terei muitas competições pela frente", explicou a nadadora, de apenas 17 anos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.