Polícia holandesa promete fazer protesto e interromper Volta da França em Roterdã

A edição deste ano da Volta da França deve contar com um atraso inesperado quando passar pela Holanda. Nesta quarta-feira, a polícia do país prometeu interromper momentaneamente a competição quando ela passar pela cidade de Roterdã, em protesto por melhores condições de trabalho.

Estadão Conteúdo

24 de junho de 2015 | 09h25

A união de policiais holandeses garantiu que vai efetuar um simbólico controle de tráfego dos carros publicitários que andam à frente dos ciclistas no dia 5 de julho, quando esta prevista a passagem da competição por Roterdã. A Volta da França começa um dia antes, justamente na Holanda, na cidade de Utrecht.

A intenção da união é informar as pessoas sobre o protesto e as atuais condições de trabalho. Por isso, o órgão já informou em comunicado oficial divulgado nesta quarta que só interromperá a ação quando a cobertura ao vivo da televisão "deixar claro que os ciclistas da Volta da França estão parados por causa da campanha da polícia por melhores condições".

Tudo o que sabemos sobre:
ciclismoVolta da Françapolícia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.