Pólo do Brasil termina em sétimo

A Croácia foi a grande campeã do Torneio Pré-Olímpico de Pólo Aquático ao derrotar neste domingo na final a Alemanha, por 6 a 1, nas piscinas de São Januário. Os alemães, grande surpresa da competição ao derrotarem a Rússia na semifinal, pareceram ter sentido a responsabilidade e o cansaço do acúmulo de jogos. A terceira vaga para os Jogos Olímpicos de Atenas ficou com os russos, que venceram a Romênia, por 8 a 4. Já o Brasil ficou com a sétima colocação ao derrotar o Canadá, por 7 a 6, num jogo muito equilibrado. O goleiro brasileiro André "Pará" Cordeiro foi escolhido o melhor da posição enquanto o croata Igor Hinic o melhor jogador. O artilheiro foi o romeno Cosmin Radu, com 12 gols."A posição em que terminamos a competição foi boa para o Brasil, pois a equipe conseguiu o que podia, por causa do amadorismo", disse o jogador Rafael Murad. Mas o técnico Carlos Carvalho achava que a seleção brasileira poderia ter conseguido uma colocação ainda melhor."Fizemos o que era esperado. Só que acho que dava para derrotar a Holanda e jogar com a Alemanha na semifinal", lamentou o treinador.Para Carvalho, o mais justo era o Brasil ter disputado o quinto lugar. "A seleção ainda tem defeitos a corrigir, como o de não saber jogar na frente do placar. Contra o Canadá, abrimos dois gols e deixamos o adversário virar o marcador" , disse. "Mas estou com sentimento de dever cumprido." Seleção permanente - Apesar de não ter obtido a vaga para as Olimpíadas de Atenas, o Brasil recebeu uma boa notícia neste domingo. O presidente da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos, Coaracy Nunes Filho, disse que se reunirá com a diretoria e a comissão técnica de pólo aquático da entidade para definir os critérios para a criação da seleção permanente da modalidade. De acordo com o dirigente, o Brasil está evoluindo no pólo e que já está praticamente certo a Cida da Super Final da Liga Mundial de Pólo Aquático, em 2005.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.