Ponte espera provar que não é ''''cavalo paraguaio''''

De um lado, a Ponte Preta, acuada por duas derrotas - para Barueri (0 a 2) e Corinthians (0 a 1) -, mesmo com boa campanha. Do outro, a Portuguesa, longe da semifinal. Os dois times se enfrentam, às 18h10, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. Em jogo, a recuperação no Campeonato Paulista.Para apimentar a partida, uma polêmica. Durante a semana o técnico da Portuguesa, Vagner Benazzi, teria dito que a Ponte era "cavalo paraguaio" - time que começa bem mas diminui o rendimento no campeonato. Porém, Benazzi desmentiu. "Jamais falei isso e , pela minha experiência, nunca arriscaria."Polêmica à parte, as equipes têm motivos para preocupação. Na Ponte Preta o técnico Sérgio Guedes reclama dos jogadores, que, entende, estão perdendo o foco com o assédio de outros times. "Temos a obrigação de buscar um bom resultado", adverte.Já na Lusa a escassez de goleadores preocupa. A equipe tem o pior ataque da competição com apenas 10 gols.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.