Popó anuncia revolução na carreira

Extasiado talvez seja o adjetivo que mais se aproxima do estado de espírito de Acelino "Popó" Freitas. Mas ainda é pouco para definir a euforia em que se encontra o campeão mundial dos superpenas pela Organização Mundial de Boxe. Na sexta-feira, anunciou que assinou um contrato de três anos com Arthur Pelullo, empresário norte-americano que a partir de agora vai organizar sua vida profissional. Disse que rompeu definitivamente com Ruy Pontes, baiano que gerenciava sua carreira há sete anos e também não quer mais saber do antigo técnico Luís Carlos Dórea, sócio de Ruy na Oficina de Idéias. Raiva é adjetivo modesto demais para o que Popó sente pelos dois.Leia mais no Jornal da Tarde

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.